jump to navigation

Dúvidas Quanto a Montagem De Uma Fábrica Indústria de Pequeno Porte. agosto 9, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
4 comments

Quando compro uma fábrica estou comprando uma franquia?
R: Não, nos vendemos unidades completas de fabricação com sistema chave em mãos, com todo suporte desde a formatação da idéia do negócio até o acompanhamento posterior a posta em marcha do empreendimento.

Devo pagar alguma taxa mensal (royalties, fundo de propaganda) após a instalação da fábrica?
R: Não, antes mesmo da instalação e posta em marcha do empreendimento, este já é de propriedade do investidor, ou seja: O plano de negócio, a marca, o lucro, know-how de fabricação incluindo os segredos do negócio, transmitido pelo Salon Emprendedor são de propriedade do investidor e como tal ele pode fazer o que bem entender com estes.

Tenho uma idéia de negócio mais não sei se esta opção é viável, como o Salon Emprendedor pode me ajudar?
R: Nos do Salon Emprendedor, antes mesmo da venda das máquinas e equipamentos que compõe o empreendimento, realizamos uma consultoria individual prática onde toda a idéia do negócio é validada in locuo.

Se escolher um empreendimento, porem desejar fazer algumas alterações na unidade, é possível?
R: Sim, todas nossas unidades são flexíveis, idealizadas baixo um modelo já testado e comprovadamente eficiente. Mais a opção de alterá-las conforme necessidade regional fica em aberto.

Quero investir mais tenho pouco dinheiro para fazer, qual o valor mínimo de investimento?
R: Pensando nisso, nós do Salon Empreendedor ofertamos diversas opções de unidades de fabricação com diferentes capacidades de produção. Possuímos investimentos a partir de R$ 9.000,00 contando com toda assistência técnica e consultoria de montagem e instalação do empreendimento.

Qual a forma de pagamento?
Nossa proposta visa o pagemento parcelado, de acordo com cada etapa do projeto sendo:
15% de sinal para fechamento da compra
35% No pedido dos equipamentos e inicio da consultoria
15% No embarque das máquinas e equipamentos
35% Na entrega da fábrica e termino da consultoria.

O Salon Emprendedor produz todos os equipamentos que compõe os empreendimentos?
R: Não necessariamente, alguns equipamentos produzimos sob medida para cada planta Industrial, outros são comprados diretamente de alguns parceiros tanto no mercado brasileiro como internacional.

Se apos a consultoria optar por não fazer o investimento?
R: Caso opte por não fazer o investimento o valor de sinal do contrato fica a titulo de custo de consultoria. Vale mencionar que muitas vezes o valor do sinal não cobre os custos totais de viagem e acomodação do consultor que realiza a consultoria inicial, porém temos certeza tanto da qualidade da consultoria como do investimento proposto. Além do mais, jamais fizemos uma consultoria sem concluir na venda e instalação de uma planta indústrial inclusive o valor de sinal pode ser de 15% da menor unidade comercializada.

Se após a consultoria optar por uma indústria de capacidade maior ou menor?
R: Isso é muito comum dado ao fato de que muitos investidores possui uma idéia do negócio mais ainda não possuem seus planos de negócios bem estruturados, levando em conta: matéria prima, canais de distribuição, potencialidades do regional etc.

Qual tamanho do local necessário para instalar a planta indústrial?
R: Cada unidade requer uma metragem diferente, mais vale a pena ressaltar que a busca ou otimização do local a ser instalada a unidade faz parte da pauta de consultoria de formatação de negócio.

Anúncios

O COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR junho 16, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
add a comment

Atitudes e Comportamento Empreendedor

ACER-Acciones Comportamentales y Emprendedoras de Resultados
Acer- Ações Comportamentais e Empreendedoras de Resultados
Uma das mais importantes descobertas que cabe a você um empreendedor de idéias ou empreendimentos,seja com objetivos para a aplicação de uso pessoal, projeto de vida, ou para a implementação profissional, é aprender a identificar e reconhecer seus Aceres “fazeres”. Os quais estão baseados em seus comportamentos de ação motivada, são aqueles que impulsionam que o fazem realizar o desejado, é o comportamento que te meche, que tira você da cadeira para colocar para te colocar em ação e realizar aquilo que foi meditado ou imaginado anteriormente. A idéia de ação é aquilo pelo qual você acorda de manhã com foco para trabalhar pelo planejado.

O que te meche, com que disposição de conduta e comportamento você realiza?
Qual carência você tem e por isso não o faz, será que ficou sem ação motivada, para poder sair de sua casa em busca de sua conquista. O que te bloqueia? o que te paralisa só de pensar?

Nesta proposta denominamos como ações comportamentais e empreendedoras de resultados. Mencionaremos algumas delas, para que possa identificar e fazer uso de aquelas que acreditam possuir, e aplicar com toda sua intencionalidade para o beneficio do seu empreendimento. Vejamos a seguir, mais antes disso:

Pegue um lápis e papel ou anote no pontilhado a esquerda um Sim ou Não, se acredita que estas são características suas ou se a expressão te define. Junto ao sim ou não, agregue uma avaliação, com uma nota de 1 a 10, leia sem racionalizar ou pensar muito, deixe que sua intuição vá respondendo por você, tente ser o mais objetivo possível, ok!

01………Capacidade de Sonhar e Criatividade Proativa……….

Empreender é um sonhar e sonhar é empreender, tem a capacidade de impulsionar os sonhos para ver eles sendo realizados, proativamente

O sonho factível, real e focalizado, é um pensamento planejado. O. É a idéia criada concebida é estruturada para ser cometida. É o poder do desejo projetado e dirigido, até o ato criador da ação, para empreender o sonho criado e imaginado.

É comunicar o sonho e comprometer-se com ele. É permitir e incentivar a participação de terceiros. É acreditar no “ poder de suas próprias idéias”. É construir na mente o empreendimento, sua idéia, o negócio, o seu projeto, para assim simular mentalmente a montagem passo a passo, e a construção do sonho por partes e por etapas, é o saber vincular seus próprios recursos com os do entorno.

02……………Tenho vocação e paixão realizadora………..

É seu Motor para Ação e a realizadora de ações é impulsionadora para empreendimentos exitosos e o fazer com a alma e coração no que se faz. É apaixonar-se pelo fazer.

A Paixão que desperta sua vocação para a vida e para os negócios, é revigorizante para ações do empreendimento, gratificará sua auto-estima e recompensara a ação.

Sua paixão e como fazer? Contagiará e emocionará seu entorno entusiasmará sua equipe, muito necessária para triunfar diga-se de passagem !
Reinvente e faça recriar sua vida, seu negocio ou empreendimento, reacenda a chama da paixão, sem ela tudo e mais difícil e o êxito se torna uma mera perseguição cega.

Comprometa-se com o trabalho e o prazer de fazer! Use êxitos do passado para alimentar os brios de hoje, que o entusiasmo da manhã se encarregará do resto para alcançar o pretendido. Manter a chama da paixão acendida, iluminará seu caminho e te mostrará o êxito.

“quando os homens fracassam, o que faltou não foi a inteligência, foi a paixão” (Sruther Burt).

03……..Sua iniciativa e a necessidade de realizar……..

Impondo tarefas e assumir a responsabilidade de iniciar e para fazer. Assumir e agendar compromissos para a ação. Fazer sua primeira tarefa e meta para celebrar sua realização e uma obrigação. Crie um desafio que possa completar e valorizá-la, principalmente valorize seu ego e possa compartilhar em admiração.

Exercite realizar algo que goste e compartilhe seu resultado com terceiros. Não inicie algo que não possa terminar, antes avalie bem se poderá completar, e veja que motivações são necessárias? Para assim poder sustentar essa iniciativa, calcule o tempo para finalizar e se esta disposto a cumprir, Vá em frente!
“Genialidade e a habilidade de colocar em pratica o que está em mente” (E. Scott Fitzgerald)

04…………….Criatividade e Inovação no fazer………

Estimular o desafio para encontrar novas soluções criativas , com o uso aplicativo e beneficioso para as operações e tarefas, busca novas propostas que somem ao que esta sendo realizado, procurar e adaptar suas idéias próprias baseadas em experiências bem sucedidas e experimentadas, acopladas com missão de criar o novo e funcional, com resultados de aplicação e retorno e essa inovação e invenção.

Confiar no sistema de memória, já que mais da metade das respostas e suas duvidas estão aí. Investigar e observar com critérios e padrões: O fabricado, O processado, O constituído, O criado. Anotar e comparar o como você faria? Fazer hoje com o olhar de como será amanha, reciclar cada dia.
Descubra sua inteligência emocional criativa para inovar e transformar.
“O caminho mais seguro para a inspiração é a preparação” (Lloyd George)

05……….Capacidade de Assumir e Avaliar Riscos……….

Assumir Riscos e Gerenciar os mesmos, e inerente a essência do Empreender, é o próprio atributo do ato de fazer. É o limite e a diferença entre os que fazem e os que não fazem ou deixam de fazer tomados pelo medo ou pavor.
Os riscos devem ser identificados e quantificados por cada setor ou áreas de nossas vidas, e assim no lado pessoal, e o mesmo para um empreendimento. Selecionar a abordagem e tratamento preventivo, com analise e proposta para tratamento eficaz, e com o seu devido gerenciamento de barreiras e riscos.
Deve elaborar um programa de abordagem e gerenciamento de riscos por etapas de montagem e por metas a serem planejadas.

Descobrir as barreiras que se impõe em meio ao desafio em pro dos objetivos pretendidos e outra missão que soma o trabalho de gerenciamento, isso é presente na vida de um empreendedor exitoso. Lembrem-se os riscos não são fantasmas que assombram seu empreendimento.
“Escreva as perdas nas areias e os lucros em mármore” (B. Franklin)

06………… Excelência de Qualidade e Eficiência no Fazer………

O fazer bem feito com detalhes de qualidade, é o desafio para todo empreendimento exitoso. Conhecer e criar normas e regras de qualidade e excelência em seu dia a dia é um dever e um real compromisso, na busca do próprio êxito do empreendimento.
Criar hábitos de comprimento de prazos, qualidade e rapidez nas entregas, desenvolver e adaptar processos de qualidade total em suas tarefas agendadas a serem realizadas com pontualidade e eficiência. Administrar o tempo e evitar perdas e seus processos de trabalho.
Comparar-se aos líderes de mercado e analisar seu real desempenho, imiteos, mais assegure-se de criar uma reinvenção melhorada a sua atual situação e com uma versão própria.
“Não existe indústria ou negócio mais duráveis do que aqueles, que vendem qualidade” (Augusto Detoeuf)

Agora Bem: É necessário que repita o test de baixo para cima, agora pode racionalizar suas respostas faça comparações, reveja sua primeira avaliação e faça o mesmo, a sua direita
Do pontilhado coloque uma nota, para aquelas que se acredita em suas potencialidades de ação para fazer e criar que já há utilizado em alguns momentos essa ou aquele ACER “FAZER”.
Se descobriu 01 é perfeito se são 2 fantástico, Se usar hoje é melhor ainda, podemos dizer: extraordinário.

SEJA UM FELIZ EMPREENDEDOR E BEM VINDDO AO MUNDO DO SABER FAZER.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador – Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Sucos Naturais de Frutas: Projeto e Opções Para Preparar e Fabricar junho 15, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

100 Tipos de Sucos, uma Alternativas. Para um Projeto de Fabricação (SUCOS E POLPAS).
Tipos de Sucos: Tropicais – Vitamínicos – Fitoterápicos – Mineralizantes – Cremosos – Exóticos etc.

Analise e Examine os diferentes tipos de Polpas e Sucos direcionados a vários e diferentes segmentos de mercado de consumo, a especialização do setor em questão e seu grande crescimento, fazem que surjam ótimas opções para que se possa entrar no negocio de sucos e polpas, para atender um mercado que é hoje uma linha quase vertical no quadro de negócios em franco crescimento, e seja qual for a posição na escala de negócios que se posicione, estará posicionado em um mercado comprador, com uma tendência de consumo que veio para ficar e faz anos que não para de crescer.

Veja neste blog post de Como montar sua Fábrica de Polpas de Frutas e outro Como Montar sua Mini Fabrica de Sucos. Para seu empreendimento, sua Pequena Fábrica, contatar o Dpto Comercial do Salon Emprendedor:
salonemprendedor@yahoo.com

Procure seu lugar ao sol e desfrute deste mar de sucos, cores e sabores.
Algumas Posições em Escala de Negócios p/ Polpas e Sucos de Frutas
Fabricante de Polpas – Sucos
Importador ou Exportador
Franquia e Franqueados
Concessionário ou Consignatário
Distribuição de Polpas e Sucos
Revenda Institucional de Sucos.
Casas Especializadas em Sucos
Quiosques e lojas de Polpas-Sucos.
Ponto de Venta c/Dispensador p/Sucos.

Agora veja os diferentes produtos e opções que oferece este rentável ramo e algumas das opções, para estruturar e gestar seu próprio modelo de negocio, criando sua proposta e diferencial no mercado.

Modelos e Propostas para o Negocio de Sucos/Polpas

Sucos Comercializados pelo seu Sabor: Este corresponde ao mercado de consumo que mais se conhece, o qual esta orientado para as preferências por sabor, em ofertas mais massivas e disponíveis, conforme habito de consumo-oferta, como é o caso do suco de laranja, abacaxi, pêssego, manga e outros. Uma variável é o consumo de sucos estimulados pela sua temporada de colheita e sua disponibilidade em todo o mercado, cujos sucos e frutas obtêm preferência pelo seu custo econômico.

Mix de Sucos mistura de sabores com denominação: Estes sucos correspondem a mistura ou combinação de sucos com uma denominação por origem, é um mix, feito por sua procedência, atendem um paladar ou sensibilidade de gosto por uma região, seja esta por identidade, por atração ao tipo de sabor. As frutas de climas tropicais possuem uma certa característica de sabor marcante, que não se encontra nas frutas com clima mais temperado e vice e versa, outras denominações seguem o mesmo padrão de sabores característicos com sua própria personalidade.
Exemplo:
Sucos-Tropicais/ Sucos-Temperados/ Sucos-Exóticos/ Sucos-Silvestres/ Regionais. Estas são algumas das denominações que são usadas nas casas de sucos ou por fabricantes que já direcionariam seus produtos ao segmento de mercado.

Sucos polposos e cremosos: São sucos compostos pela presença de uma alta polposidade, tem uma maior concentração de sólidos solúveis em sua polpa, que os torna mais polposos, cremosos e densos. Uma combinação de estes sucos, são uma preferência de quem deseja substituir um café da manhã ou lanche, já que suas características de textura nutricional, promovem um bem estar de saciedade naquele que o consome, especial para fazer dietas de alimentos sólidos
Exemplo de frutas polposas e aplicáveis: Banana- Abacate – Manga – Goiaba – Morango – Maça – Pêra- Caqui.
Sucos Combinado com Nominação: Este segmento de sucos, corresponde as combinacões más popularizadas pelo seu consumo e aceitação, as quais ja se ganharam um nome ou uma nominação. As casas de sucos, especializadas em variedades, sabem que estas combinações deve fazer parte do menu da casa atendendo uma demanda diária. Citemos alguns exemplos:
Laranja /Acerola
Abacaxi/hortelã
Cenoura /Laranja
Pêra/Maça.
Banana/Abacate.
Goiaba/Mamão.

Sucos/Polpas de Complexos Vitamínicos: São Sucos e Polpas que em sua preparação, o una combinação dos mesmos estão orientadas para atender uma demanda e uma tendência baseada no consumo de vitaminas naturais, cujos principio ativo são encontrados nas próprias frutas.

O consumidor esta mais interessado na composição do suco e polpa mais que pelo próprio sabor, sua escolha será orientada pelas frutas presentes e na combinação, que elas, correspondem efetivamente as tabelas vitamínicas e nutricionais cujos conteúdos e índices de vitaminas, sejam os da combinação selecionada, é dizer, frutas com alto índice de vitamina designada.

Mais por experiência, é fundamental que o mix, o a combinação dos sucos sejam também saborosos. È dizer se deve unir ao útil e ao agradável, são palavras de um bom fabricante com êxito no negocio de sucos e polpas
No post: Sucos Vitamínicos Fórmula e Preparação de Sucos. listamos as Vitaminas e algumas das frutas correspondentes, que formariam parte da proposta, que permitirá assim, configurar suas adequadas combinações dos chamados Sucos Vitamínicos.

Emprendeer Empreendendo. O que é Empreender? junho 15, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

(Este Post é um extrato do livro de autoria do nosso presidente: Sr. Luis Quezada, “Emprender, Ciencia del Saber Hacer”)
“Definição de Empreender”, Conceito e Significado de Empreender” Empreendendo

Empreender é um ato de pensamento planejado e concebido para ser acionado até objetivos claros de intencionalidade, é um ato da ação funcional e criativa da genialidade humana, feita por um fazedor e realizador, um super empreendedor, Um construtor de idéias e sonhos, mais para ser convertidos e feitos reais é transformados em realidades objetivas, é um ato que obedece a seu próprio “instinto realizador”, presente em todos estes seres, que por sua vez, são dotados de uma forte capacidade motivacional para ir em busca da concretização de suas idéias e sonhos.
O Empreender é a capacidade de conceber e encubar na mente idéias criadoras, geminas e multiplicadoras, capazes de gerar o impulso para a ação proativa de esta idéias elaboradas, é um ato de criação e processadas pelo “pensamento proativo”, que em essência é o “fazedor”, o qual se sintoniza harmonicamente com seu melhor par, que é o “pensamento criativo” o qual é um “pensador”. E com está aliança, é criada a melhor obra para ser posta em cena pelo seu autor, o qual conhecemos com o empreendedor.

Empreender é um saber aprendido e acumulado, é um know-how um conhecimento assimilado de forma vivencial e cognitiva, que tem sido adquirido por estes seres “fazedores” em seu próprio oficio pelo fazer, é um conhecer aprendido na forma de um saber fazer próprio e individual, é um acumulo curricular desta práxis, que é gestado e guardado historicamente pelo fazedor, para conformá-lo em seu próprio método e guia pessoal para assim construir seu “saber fazer”. Esta é a pura expressão e essência de este ser, de um novo “homo-fazedor”, um fazedor e empreendedor.

O empreender tecnicamente, é uma formação metodológica que é adquirirá por uma formula adquirida pelo equilíbrio entre a teoria e a pratica, sobre a funcionalidade do fazer e realizar, esta mesma, e armazenada em forma de conhecimento seletivo, mais concebida sobre uma visão estritamente orientada para a eficácia em resultados, por tanto é um método baseado em técnicas pragmáticas para esta disciplina e conhecimento, sobre empreender com “a ciência do saber fazer” e transformar assim, as teorias em ação planejada e realizadora.

(Este post dedicado a Gladis González de Medellín/Colômbia que solicitou este tema por meio de um de nossos e-mail-s, esperamos que possa ter te ajudar em suas aulas na universidade.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador – Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Oportunidade de Negócio com Hortaliças junho 15, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

AS HORTALIÇAS, OPORTUNIDADE PARA SUA MICRO INDÚSTRIA E PROJETO PRODUTIVO

Imagens e Ilustrações de Fábrica de Desidratação junho 8, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
4 comments

Encapsuladora Manual

Bandejas para desidratação.

Forno Desidratador

Fatiador Manual

Lavador de frutas e hortaliças

Maquinas – Equipamentos Para Fabricar Doces e Marmeladas junho 8, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , ,
3 comments

MAQUINAS – EQUIPAMENTOS PARA FABRICAR DOCES-MARMELADAS
Montagem-Maquinas-Equipamentos p/ Pequenas-Fábricas

Elaboramos para vocês, uma proposta para montagem de una pequena fábrica de Marmeladas e também seus equipamentos, são aplicado para doces, geléias, salsas, cremes.
Este material foi extraído do Manual de Fabricação e Montagem de industrias de Doces e Marmeladas, cujo documento é de prioridade do Salon Emprendedor.

A Unidade que aqui recomendamos é de uma capacidade de 20/22 Kg/x Carga. Que este caso não so serve para marmeladas senão também para una serie de outros itens e produtos como: Doces de Frutas – Geléias – Salsas Agridoces-Cremes – etc.
Incluimos algunos recursos de montaje que creemos vital para el proceso de creación y montaje de una pequeña fábrica.

MAQUINAS E EQUIPAMENTOS DE FABRICAÇÃO E RECURSOS DE MONTAGEM.

01. Um Lavador de frutas: Um Lavador com três tanques individuais em aço inox, montada em estrutura de ferro pintada, incluiu conexões p/ entradas e saídas de água para cada um dos tanques, equipados com duchas individuais.

02. Dois Cortadores de frutas: Sugerimos aqui dois cortadores de frutas um com pedestal para corte da fruta em quadrinhos e outro de bancada, ambos podem ser com acionamento manual, e com seus moldes de corte com tamanhos para medidas intercambiáveis, isso para a preparação de doces em barrinhas mantendo a uniformidade da matéria prima para o melhoramento do produto final.

03. Um Cozinhador / Escaldador a gás semi-industrial, equipado com sistema de queimadores e reguladores, para o processo de escaldagem das frutas. Unidade Escaldadora, essencial para desativar enzimas e contaminantes, bem como acentuar a cor das frutas e aumento de rendimento da polpa.

04. Uma Despolpadora com capacidade de 80/100 kg hora. Feita completamente em aço inox, elétrica, com motor e instalação individual.
Também possuímos outras capacidades de produção conforme escolha tamanho da fabrica.

05. Um Tacho / caçarola de escaldar, com capacidade de 15/18 litros, 20/22 o 26/28 conforme tipo de fabrica, com cesto / canasto em aço inoxidável ou cromada, para imersão das frutas a escaldar

06. Um Equipamento Pasteurizador: Esta é uma Unidade também usada para esterilizar embalagens de vidros e usada para pasteurizar. O processo é feito por uma selagem a vapor de vácuo dos potes com o doce ou marmelada dentro, assegurando assim, uma selagem segura, evitando a presença de ar no interior das embalagens, conseguindo que se alcance uma melhor conservação e durabilidade do produto final.
Equipamento com acionamento elétrico 110/220 volt com controle de temperatura e termostato de regulação. Capacidade para 12/16 e de 24/48 frascos por processo, o que entendemos já seria adequado para esta pequena fabrica.

07. Tecnologia de Fabricação: Colocamos este item na lista, por razões obrigatórias, já que é comum a “improvisação empreendedora”, que estima que comprando as maquinas, já se tem uma fabrica, já constatamos, que isso, é a garantia do fracasso para qualquer empreendimento. Ou não contar com este item, é melhor não iniciar o empreendimento, porque amargará uma larga lista de empreendedores, que estão com seus equipamentos na garagem de seus casas, ou tiveram que vender por menos da metade do preço. Sem tecnologia de fabricação não existe fábrica, é assim de simples.

Qualquer pessoa pode empreender uma micro industrial, mais desde que assuma a responsabilidade de aprender os processos e técnicas praticas, sobre a fabricação, mais praticas, com todas as letras, e tenha cuidado especial com os teóricos em tecnologia, que estes geralmente sequer sabem fazer um doce para sua casa. Faça sua acessória com técnicos de experiência comprovada na prática de fabricar e assessorar.

08. Valores de Investimentos e Instalação: Faça seu pedido de orçamento para Salon Emprendedor, uma unidade deste tipo, completa, custa menos do que imagina,alem de contar com um programa de acompanhamento empresarial por até 06 meses, que em seu conteúdo já esta, toda a consultoria de planejamento da fábrica, a instalação e posta em marcha, com a transferência de tecnologia via vídeos técnicos, manuais de fabricação, cartilhas passo a passo, atendimento e suporte via on-line etc. Los interesados, entrar en contacto con salonemprendedor@yahoo.com Que tendrán los informes completos.

09. Área de Instalação: Pela pratica de muitas unidades instaladas desse porte, recomendamos aproximadamente 22/24 metros quadrados, (sem incluir área de escritório), outro cuidado importante é o piso que deve ser lavável, bancadas de cerâmica ou em aço inox de 2.50/3.50 de cumprimento por 0.50/0.60 de largura.

O fluxo-grama de instalação, deve seguir um fluxo em forma de U desde a recepção até a expedição dos produtos, suas paredes devem ser laváveis e o setor de preparação das frutas assim como o processamento, deve ser coberto, com no mínimo azulejos de com tamanho de 1.5 , vale mencionar que cada pais possui suas normas, verifique se em seu pais esses critérios devem ser adaptados.

Esperamos que este post tenha servido de alguma forma para a montagem de seu negocio.

Se deseja suporte para elaboração de seu projeto, ou deseja receber um orçamento entre em contato conosco.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador – Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

FABRICAÇÃO, Como fabricar: Sopas – Cremes – Caldos – Salsas – Purés – Vegetais-Hortaliças. junho 7, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
6 comments

Fábrica e Maquinário para Sopas, Cremes e Caldos Naturais

Um mercado para consumo de produtos naturais de preparação instantânea, é o que todo o mundo procura.
Chegar em suas casas, retirar do seu congelador uma sopa 100% natural com o sabor caseiro, que bastam 02 minutos para ficar pronta no prato, sentar-se na mesa e se deleitar, saboreando um sabor natural?

Esta proposta existe! quem sabe, esta é a oportunidade de negócio que você esperava, aqui te entregamos:
Você poderá fabricar; Caldos, Sopas Dietéticas, Energéticas, Sopas Vitamínicas somente cálcio – ferro, caldo de feijão, cremas de ervilhas, de espárragos, de milho etc. São mais de 100 opções de formulas para deleitar e satisfazer seu consumidor.

Maquinas e Equipamentos para Fabricar Sopas e Cremes

Proposta: Pequena Fábrica de Vegetais – Hortaliças Produtos: Sopas – Cremes – Caldos – Salsas.
Capacidade: Unidade para Processar 200/300 Kg/dia
Fabricação: 800/1.200 Pacotes de 250 grs/día.
O Investimento: USD$ 4.800/5.500 dólares.

01. Um Lavador com três tanques individuais em aço inox, montada em estrutura de ferro pintada, incluiu conexões p/ entradas e saídas de água para cada um dos tanques, equipados com duchas individuais. A unidade deve comportar uma capacidade de carga no processo, de 40/50 kg de hortaliças por ciclo. Dimensões: 2.40/2.60 mts de largura, para que possa atender as necessidades de produção.
Recomendação do processo de lavagem:
a) Evitar a incorporação de produtos que não estejam classificados, descartar danificados, atacados por insetos, deteriorados etc. Usar somente produtos sadios e de qualidade.
b) A higienização por imersão obedecem as tabelas de concentração com soluções em cloro, hipocloreto de sódio: para folhas 20/25 ppm. E tubérculos 40/50 ppm. Por periodos de 15/25 min.
c) Usar somente seus acessórios nesta seção, sem cruzá-los ou repassá-los a outra, com isso evita a contaminação por cruzamento de processos.

02. Cortadores de Vegetais – Hortaliças: Dois cortadores de vegetais um com pedestal para os cortes em cubinhos ou fatias, que facilitem o tamanho das matérias primas para seu cozimento, e outro de bancada, para os diversos tipo de cortes, ambos podem ser com acionamento manual, com moldes de corte para diversos tamanhos, medidas intercambiáveis. Estes equipamentos são fundamentais para diminuir os tamanhos e volumes para o tempo de cocção e moenda posterior no processador.
Recomendação de Processo:
a) Os cortadores e acessórios devem ser de uso exclusivos desta seção.
b) Deixar em bandejas com água logo depois do corte e descasques, produtos que escurecem em contacto com o ambiente, como batatas, mandioca.
c) Pulverizar a área de processamento antes de iniciar cada tarefa com uma solução de álcool retificado com água (20/25 %) p/ pulverização aérea.

03. Descascador de Vegetais: Equipamento para descascar batatas, cenouras, de acionamento elétrico por ação abrasiva de peças instaladas em seu interior e denominado conjunto abrasivo, peças com porosidade apropriadas para a função.

Recomendações do Processo:
a) Esta função é possível ser realizada por operadores manuais, considerando que na primeira etapa da fábrica não trabalhará com grandes volumes, de batatas, cenouras, etc. Pode excluir este equipamento.
b) Os equipamentos e acessórios devem ser lavados com detergentes neutros e esterilizados em uma solução de iodo povidona a 20% e água fervida.
c) Ter a mão as formulas, com seus percentuais e pesos, para os ingredientes a serem processados no cozimento e acomodações em bandejas.
d) Estabelecer lotes ou cargas de processamento para sua cozimento, a fim de ser organizado e coerente com o processo, toda a atividade do sector e que inclui o de cortes de vegetais.

04. Unidade de Cocção Tripla: Unidade compacta, equipada com 03 caldeirões para a cocção, montados sobre uma estrutura metálica, capaz de suportar até 200 kg, Cada caldeirão com uma capacidade de 30/50 litros, com 03 queimadores a gás, interconectados ao alimentador, e independentes para suas operações, 01 para tubérculos: batatas, cenouras, mandioca etc. 01 para vegetais de talos – folhas: acelga, aipo, salsão, espinafre etc. 01 para grãos; milho, ervilhas, feijão, grão de bico etc. Atendendo a produtos com diferentes tempos de cocção. Os Caldeirões estão equipados com cestas metálicas para as operações de imersão e termômetros para controle de temperatura.

Sucos Vitamínicos Fórmula e Preparação de Sucos. maio 26, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , ,
add a comment


Sucos Naturais Vitamínicos e Polpas de Frutas dos Complexos Vitamínicos: São os Sucos e Polpas que em sua preparação, ou na combinação dos mesmos, estão orientados para atender uma demanda e uma tendência, baseada no consumo de Vitaminas naturais, cujos principios ativos são encontradas nas próprias frutas.

Sucos e Polpas de Frutas com Conteúdos Vitamínicos.

Complexo Vitamínico – C
Acerola- Goiaba – Kiwi – Mamão Papaia – Morango – Abacaxi – Laranja – Limão – Mexerica, Bergamota e outras.
Complexo Vitamínico – A:
Caqui – Melão – Mamão – Goiaba – Maracujá – Ameixas – Manga – Pêssegos – Uvas – Melancia
Beta Caroteno:
Caqui – Acerola – Mamão – Morango – Melão – Cenoura – Abóbora – Mexerica
Licopenos:
Tomate – Melancia – Papaia – Pomelo – Maça – Damasco
Complexo Vitamínico B – 1:
Ameixa – Graviola – Banana – Manga –Laranja – Abacaxi – Goiaba – Abacate – Maracujá.
Complexo Vitamínico B – 2: Riboflavina:
Graviola – Maracujá – Abacaxi – Abacate – Banana – Damasco –Goiaba – Manga – Maça.
Complexo Vitamínico B- 3: Niacina
Graviola – Figos – Goiaba – Mamão – Abacaxi – Pêssego – Maracujá – Manga – Framboesa.

Sucos Polpas Complexos Minerais.
Potássio – K:
Coco – Banana – Abacate – Maracujá – Mamão –Goiaba – Damasco – Kiwi – Marmelo.
Fósforo – P:
Coco – Graviola – Abacate – Ameixa –Laranja –Framboesa –Figo – Banana – Groselha.
Ferro – Fe. :
Coco – Morango – Manga –Abacate – Mamão – Durazno –Groselha –Limão – Banana – Amoras.
Calcio – Ca.:
Laranja – Graviola –Groselha – Kiwi – Carambola – Mexerica –Figo – Amoras -Abacaxi.
Magnesio:
Banana – Abacate –Figos –Limão – Abacaxi – Uvas – Mexirica – Durazno.

Veja também neste blog os post’s: Como Montar sua Fábrica de Polpas de Frutas e Como Montar sua Mini Fábrica de Sucos.

Antes Disso Veja Alguns Processos Utilizados na Fabricação de Sucos:

Os sucos naturais de frutas podem ser obtidos a partir das polpas de frutas, extraídas por meio do despolpado técnico e mecânico, com criação de uma Fábrica de Polpa de Frutas. Solicite informação ao Salon Empreendedor para instalar sua pequena fábrica.

Os sucos se obtêm também por extração, usando o sistema “Arraste Vapor” Método com o qual é usado o calor do vapor, para obter o suco pela evaporação e precipitação do mesmo é aplicável para todas as frutas com exceção dos cítricos. Solicite informações de cotação da sua pequena fábrica.

Obs.: O Salon Empreendedor oferta ao mercado empreendedor unidades completas de fabricação que incluem: os equipamentos, tecnologia para fabricar, manuais, vídeos, apoio, instalação, além de um programa técnico de acompanhamento empresarial idealizado pelo Salon Emprendedor.

Para receber uma cotação, entre em contato conosco!

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador – Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br

Plano de Negocio Aplicativo, Guia Prático p/ Plano de Negocio pequenas fábricas. ( PARTE II ) maio 25, 2011

Posted by salaoempreendedor in Uncategorized.
Tags: , , , , , , , , , , ,
add a comment

Nos acompanhe, Vamos fazer juntos o seu plano de negócio prático, Passo a Passo!

Passo 1- Montagem e seleção de fornecedores
Vamos Iniciar sua agenda com a visita ao mercado de fornecedores de matérias primas, atacadistas e importadores. Sugerimos que os visite para ter percepções claras sobre cada um deles.
Dica: Elabore Fichas e Planilha, Crie uma planilha de avaliação, contendo pontos como: variedade, qualidade de produto, especialidade, preços, sazonalidades etc. É importante ter em mente que uma fabrica sem matéria prima é um carro sem gasolina no meio do nada. Antes de sair de casa, mentalize a importância de ter bons fornecedores, trate-os igual ou melhor do que a um cliente, lembre que depende da matéria prima a qualidade do produto.

Passo 2- Visitar o seu mercado (sua nova praia)
Vá até os locais onde o produto que deseja produzir é vendido. Veja os produtos iguais ao seu, similares, substitutos, ou seja: produtos que não são igual ao seu, mais que podem concorrer com ele indiretamente exemplo: (Suco X Refrigerante), (Bala X Goma de Mascar), (Amendoim Torrado X Soja torrada) (Bata chips x Salgadinho). Faça uma comparação entre seu produto e o da concorrência, visitando atacadistas, varejista, ponto de venda tradicional bem como os pontos de vendas alternativos. Se possível visite os concorrentes, tente saber que produtos fabricam e quem são seus fornecedores no mercado.

Passo 3- Produtos Concorrência e Mercado Potencial
Retornando a sua casa ou seu escritório organize a informação, veja os produtos e experimente os produtos que imaginamos tenha comprado em sua jornada em campo veja detalhadamente a embalagem, as cores, lembre em que posição os encontro una gôndola, avalie se o preço cobrado foi proporcional a qualidade, tente calcular o custo de fabricação e margem de lucro aproximado, anote detalhes de sabor, cor e aroma, veja e compare o que o líder de mercado tem que os outros não tem. Use seu olfato empresarial e pense como você poderia ser melhor, se posicionando melhor, sugerimos que compartilhe sua experiência e colha percepções junto a amigos e familiares.

Passo 4- Custos Fixos e Operacionais de Implantação.
Agora vamos seguir para o próximo passo, É preciso saber quanto custaria por mês a manutenção do nosso negocio, produzindo uma quantidade mínima por mês, vamos fazer uma estimativa de custos fixos ou seja: luz, água, telefone, aluguel, mão de obra, transporte, alimentação, material de escritório, limpeza etc. Uma boa dica é comparar com o que gasta em sua casa, multiplique pelo dobro.Não adianta querer certeza, nesta faze não espere ter valores exatos pois só terá certeza dos valores quando de fato estiver fazendo, não planejando.
É muito importante que em toda a visão de montagem do negocio tenha um lema em sua cabeça: “aprender tudo ou quase tudo, com muito pouco ou nada” porque se esperar ter tudo na mão…ééé amigo acho que nunca sairá do papel.
A típica expressão “eu começo quanto tenha as condições idéias para fazer” e um comum engano a famosa busca pelo ideal geralmente nunca ocorre. Saiba que isso e um pretexto muito utilizado para prorrogar decisões ou para “realizar alguma coisa”.

Passo 5 – Formação de custo operacional de produção e investimento
Hora de avaliar os números e ver nossa posição de viabilidade do empreendimento,façamos os cálculos para saber quanto nos custaria aproximadamente fabricar os produtos da pauta de operações, ver e somar as matérias primas, os insumos com sua embalagem etc. Tudo será aproximado depois vamos ter tempo para afiar os números, não se amarre sem avançar no plano. Saber estimar quanto nos custaria produzir por dia? por semana? por mês? tendo em vista à matéria prima e mão de obra mínima, gastos fixos do mês, transporte de compra e venda, não esqueça de acrecentar 4 a 6% para fundo de marketing. Agora que já tem tudo isso na mão, Já decidiu se quer montar seu negocio? Pense nisso 1 minuto…

Bom se já esta recuperado da decisão, já temos uma idéia de quanto nos custaria produzir, já temos o custo estimativo do produto, sabemos qual será o mais vantajoso na primeira etapa e na segunda etapa, sabemos que capital será necessário para produzir diariamente, mensalmente etc. Sabemos também que preço terá nosso produto comparado com os concorrentes, que preço e produtos seriam mais vantajosos.

Passo 6 – Decisão e busca de recursos
Agora que já sabe qual o capital operacional necessário para o inicio do nosso negocio, cabe definir se podemos ou não fazer, se é possível ou não realizá-lo, e se você se vê como empresário dentro desse segmento? Se a resposta é sim, então vamos viabilizar de que maneira? Podemos fazer de forma industrial ou iniciamos de forma mais caseira e artesanal? Temos recursos suficientes ou devemos buscar um sócio ou um financiamento.
Vale mencionar que não chegamos até está etapa só para satisfazer uma curiosidade ou guardar as informações no computador ou gaveta.
Se chegamos nesse ponto é hora de fazer acontecer!

Programa Marketing de Relacionamento
Passo 7- Hora De pensar no marketing,
É hora de vender nossa idéia de negócio discursar sobre seu produto por todos os canais que conseguir, mais isso é assunto para um próximo post.
Mais antes disso daremos uma pausa.

Se gostou de nosso post deixe seu comentário, se decidiu realizar, entre em contato conosco de repente podemos te auxiliar.

S A L O N E M P R E N D E D O R
Brasil – Argentina – Paraguai – Chile – Equador – Venezuela
Sede: São Paulo-Brasil
Tel:55-11-2805-1262
Fax:55-11-2805-1262
Tel. 55-13-3029-0607
Tel: 55-13-3596-6809
e-mail: salonemprendedor.br@gmail.com
MSN: salonemprendedor@hotmail.com
Skype:salon.emprendedor.br